Serviços

Serviço funerário permanente para qualquer parte do país e estrangeiro

Tanoestética
(tratamento e embelezamento dos cadáveres)

Cremações

Exumações e Exumações para cremação

Acompanhamento no tratamento de toda a documentação à CGA e CNP

Venda de artigos religiosos

Transladações

Facilidades de pagamento

Instalações

Em caso de falecimento de um familiar ou amigo, o que fazer?

Como não é frequente perder alguém, ficamos sem saber o que fazer no caso de ocorrer um óbito, e também porque estamos emocionalmente afectados. Na maioria dos casos. deve contactar uma Agência Funerária para que esta possa contactar as autoridades competentes, a fim de ser possível realizar o Funeral. Existem porém, alguns procedimentos que diferem relativamente ao local onde o óbito ocorre.

No Domicilio: Se o óbito ocorre na residência habitual do falecido, de um familiar ou de alguém a quem estivesse a cargo, deverá ser contactada de imediato uma Agência Funerária, para que esta active os mecanismos legais, para que todo o processo possa fluir da melhor forma.

Num Hospital ou Lar: Após ser contactado pela entidade hospitalar, deverá contactar de imediato a Agência Funerária. Os hospitais têm procedimentos diferentes e existem burocracias a tratar mesmo antes de seguirmos para o hospital.

Noutros locais: Ocorrido o óbito na sequência de acidente de viação, suicídio, afogamento, crime, etc..., deverá ser contactada a autoridade competente (P.S.P ou G.N.R.) da área onde se verificou a ocorrência. Nestes casos é decretado por lei, um exame de autópsia. Os familiares deverão contactar uma Agência Funerária, pois será esta a ser informada pelas autoridades oficiais da data e da hora da realização da autópsia.

Documentação necessária
O responsável deverá fazer-se acompanhar do seu documento de identificação assim como o da pessoa falecida.

Necrologia


>>Ver Todos

Contactos

Rua da Lomba, 588 Carregosa - OAZ Aveiro 3720-017 Carregosa Portugal

Powered by embedgooglemaps DE &